Património.pt

31 Mai 2016 

G.I.E.H.A. – Grupo Informal de Estudos em História da Arte - um novo grupo de estudos para os interessados em História da Arte

 

Inserido no ARTIS - Instituto de História da Arte da Faculdade de buy levitra at a discount Letras da Universidade de Lisboa, o G.I.E.H.A. diz respeito a um Grupo Informal de Estudos em História da Arte fundado em Dezembro de 2015 por três alunos da Faculdade de Letras. Tiago Rodrigues, aluno do primeiro ano do mestrado em Arte, Património e Teoria do Restauro; Hugo Ratão, aluno do terceiro ano da licenciatura em História da Arte; e Ana Rita Pereira, aluna do www.kompetenznetzwerk-gb.de segundo ano da licenciatura em História da Arte. Meses depois, juntaram-se a eles os alunos do terceiro ano da licenciatura em História da Arte da mesma faculdade, Cátia Reis e Paulo Marques.

Quando o intangível se sobrepõe ao tangível

 

Nos últimos tempos assistimos a um aumento de abrangências na área do património por parte da UNESCO. Passámos de patrimónios móveis e viagra federal express imóveis, a patrimónios naturais e recentemente intangíveis, nutrindo o conceito de património de um conjunto de http://www.cjswansonart.com/mail-online-order-propecia elementos complexos como: cultura, identidade e memória, por exemplo. Tornou-se evidente que não só a UNESCO, mas também as várias entidades de cada país que se dedicam à salvaguarda do património, estão agora preocupadas com a proteção e incorporação de elementos intangíveis.


Carta aberta da canada viagra buy ARP - Associação Profissional de Conservadores-Restauradores de Portugal

 

A ARP fundada em 1995, membro da E.C.C.O. (European Confederation of Conservator-Restore Associations) desde 2001 e que desde 2007 integra a Secção dos Museus da Conservação e Restauro e do Património Imaterial no Conselho Nacional da Cultura (SMUCRI) vem, no seguimento das notícias que têm vindo a público sobre o restauro efectuado num conjunto de esculturas do Santuário da Nossa Senhora das Preces, em Oliveira do Hospital, clarificar a correcta atribuição e utilização do título profissional de Conservador-restaurador, bem como, a sua missão no contexto da intervenção em Património Cultural.

18 Out 2012 

A iluminação dos Monumentos e a Valorização dos Centros Históricos

 

Considerando que o paradigma do urbanismo contemporâneo se centra na we deliver to canada viagra conservação da cidade antiga e das infra-estruturas existentes, bem como, no alcance permanente de uma maior sustentabilidade ambiental e na redução da pegada ecológica dos sistemas urbanos, afigura-se legitima a reflexão em torno de uma questão inúmeras vezes descurada pelas autarquias e viagra generic cheap fast entidades da administração directa do cialis softtabs estado, que se prende com a necessidade de melhoria da cialis no prescription iluminação dos monumentos e dos centros históricos das cidades Portuguesas. 

Speaker's Corner

 

Este é o espaço dos nossos leitores, quer sejam ou não da área do património: opiniões fundamentadas e pertinentes para a partilha com todos e sempre assinadas.
Envie-nos a sua reflexão identificada com nome, local e data para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

Colunistas

Rubricas diárias +

05 Jul 2017 |

“Esplendor na Relva” – Ciclo de order genuine viagra online consultation cinema em Monserrate

Durante os quatro primeiros fins-de-semana de Julho, os jardins do Palácio de Monserrate vão receber 12 obras-primas da história do cinema.

VER +

28 Jun 2017 |

 

Beja na rua

De 16 de Junho a 15 de Julho, Beja recebe o festival de artes na rua. 

VER +

14 Jun 2017 |

 

Observatório de Turismo Sustentável no Alentejo


No dia 1 Junho, em Évora, foi assinado o memorando para a criação do Observatório de Turismo Sustentável no Alentejo.

VER +

07 Jun 2017 |

Douro acolhe encontro internacional sobre sustentabilidade dos sítios UNESCO

 

Na primeira semana de Junho, O Alto Douro Vinhateiro recebe o “World Generation Week”.

VER +

Veja também +

MARGARIDA FILIPE RAMOS, 5 Mar 2013 |


Bem Público-Valor Público - A educação para os valores ambientais no Museu da Água da EPAL

 

O museu como detentor do conhecimento e guardião do património, na sua acepção mais tradicional, muitas vezes gera conflitos internos, de índole organizativa, em relação à sua função educativa primordial. Assim, dentro da dinâmica da lei da viagra uk oferta e da procura cultural, temos a procura do conhecimento pela escola em busca de um complemento educativo (não formal) para os seus alunos, por um lado, e, por outro, as instituições culturais com um acervo e http://euro2008tvschedule.info/buy-generic-levitra-from-india património cultural à disposição da comunidade. Mas devemos ir além desta perspectiva, como refere Lynn Dierking1, e o museu deve responsabilizar-se socialmente, pois trata-se aqui também de uma questão de sobrevivência dos próprios museus. Esta acção educativa vai além do papel tradicional de divulgação e conservação do património, sendo o Museu um potencial agente de buy propecia international pharmacy mudança e de educador para os valores.

DIOGO SOUZA MONTEIRO, a 21 Nov 2012 |


Sobre o reconhecimento do Cabrito Mirandês DOP e Alentejano IGP
Uma notícia no Diário Público do passado dia 8 de Novembro anunciava a protecção pela União Europeia do the best site cheap viagra from canada Cabrito Mirandês e do Cabrito Alentejano respectivamente como Denominação de Origem (DOP) e Indicação Geográfica Protegidas (IGP). Será esta uma boa ou má noticia para a preservação do património e para o desenvolvimento rural do interior? A resposta é … depende.

Tags +

Videos

Lançamento do cialis 50 mg tablets livro “A Casa Senhorial em Portugal”

 

"A Casa Senhorial em Portugal" é o resultado de uma encomenda da Associação Portuguesa das Casas Antigas (APCA) ao investigador Hélder Carita - um dos mais notáveis estudiosos e historiadores da link for you viagra cialis cheap Arquitectura Civil Portuguesa -, sobre mais de duzentas casas senhoriais distribuídas pelo território português.

VER +

Fábrica de we recommend cialis iop Chocalhos Pardalinho e a distinção da arte chocalheira como Património Imaterial da Humanidade

 

A patrimonio.pt esteve em Alcáçovas para visitar a Chocalhos Pardalinho: uma fábrica a laborar desde 1913, altura em que treze famílias da freguesia se dedicavam à produção dos chocalhos.

VER +

 

® Spira 2012 | design e implementação: ideia, designers __|__ Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia excepto no caso de artigos de autor nos quais os autores são livres de optar.