Património.pt

02 Jun 2017 |

Capa: Imagem do filme "Antão, o Invisível" (Fotografia retirada de: http://indielisboa.com/filme/antao-o-invisivel/). 

Filme português mostra como os invisuais podem ter acesso às obras de um museu


O filme "Antão, o Invisível", dos realizadores Maya Kosa e Sérgio da Costa, foi galardoado com o Prémio Árvore da Vida no Festival de Cinema IndieLisboa 2017.

 


“Antão, o Invisível” acompanha uma visita realizada pelos Serviços Educativos do Museu Nacional de Arte Antiga a deficientes visuais e auditivos à obra “As Tentações de Santo Antão” (1505-1506), do pintor holandês Hieronymus Bosch.


O trabalho dos Serviços Educativos é fundamental para tornar o museu num local inclusivo: o filme “Antão, o Invisível” demonstra exactamente que é possível colocar pessoas invisuais a “ver” obras de arte.

 

Share

Comentar


Colunistas

Veja também +

Pintura mural de Caravaggio, antes e depois de um restauro que não correu bem

Quem pode fazer conservação e restauro do Património?

 

De vez em quando, surgem na imprensa casos de intervenções que, supostamente, tinham como objectivo conservar ou valorizar o Património e que, afinal, o destroem. Há ano e meio foi o Ecce Homo muito imaginativamente recriado por Cecilia Giménez em Borja; pouco depois, as pinturas murais do século XVII de uma igreja de Beja repintadas a tinta plástica por alguém com falta de vista; a seguir, a transformação dos frescos budistas de Chaoyang, do século XVIII, num friso com uma qualquer estética pop art; agora, com base na denúncia do Fórum de Conservadores-Restauradores, é um conjunto de esculturas religiosas do século XIX de Oliveira do Hospital que parece terem sido transformadas em caricaturas para desfile de Carnaval.

20 Mar 2017 |  Virgílio Hipólito Correia

 

 Ruínas Conimbriga (Fotografia retirada de: http://www.conimbriga.pt).

(IN)SUFICIÊNCIA IGNORANTE E (IN)CAPACIDADE POLÍTICA


O frenesim mediático que há dias envolveu a “promoção” de Conimbriga a Museu Nacional revelou algo do pior que ocorre por sistema na política cultural portuguesa, conduzindo a uma discussão ociosa, prejudicial e inoportuna.

Tags +

Videos

Lançamento do livro “A Casa Senhorial em Portugal”

 

"A Casa Senhorial em Portugal" é o resultado de uma encomenda da Associação Portuguesa das Casas Antigas (APCA) ao investigador Hélder Carita - um dos mais notáveis estudiosos e historiadores da Arquitectura Civil Portuguesa -, sobre mais de duzentas casas senhoriais distribuídas pelo território português.

VER +

Fábrica de Chocalhos Pardalinho e a distinção da arte chocalheira como Património Imaterial da Humanidade

 

A patrimonio.pt esteve em Alcáçovas para visitar a Chocalhos Pardalinho: uma fábrica a laborar desde 1913, altura em que treze famílias da freguesia se dedicavam à produção dos chocalhos.

VER +

 

® Spira 2012 | design e implementação: ideia, designers __|__ Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia excepto no caso de artigos de autor nos quais os autores são livres de optar.