Património.pt

Palácio Nacional da Ajuda – Conservação e Restauro da Fachada Este

 

Decorre até final de Maio deste ano a intervenção de Conservação e Restauro da fachada Este do Palácio Nacional da Ajuda. A obra é levada a cabo pela In Situ Conservação de Bens Culturais - vencedora do Prémio Internacionalização do Património 2015.

 

 

No âmbito do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios 2016 - que se comemora a 18 de Abril - a In Situ, em parceria com o GeCorpa, lança o convite ao público em geral para visitar o “Estaleiro Aberto” da obra. As inscrições devem ser enviadas para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

 

A In Situ tem desenvolvido trabalhos no âmbito da arquitectura militar, da arquitectura conventual, eficiência e sustentabilidade em soluções de projecto, o desenvolvimento da prática nas artes da cal, entre outras artes tradicionais, sempre com o objetivo de garantir a durabilidade das soluções propostas ou aplicadas, tendo em vista a rentabilidade económica do investimento e a boa conservação dos materiais.

 

 

 

 

Imagem 1 – Reposição de volumes em argamassa

 

 

 Imagem 2 – Aplicação de biocida na superfície pétrea

  

 Imagem 3 – Instalação do sistema electroestáctico no grupo escultórico do frontão central

 

 

 

Onde:


Palácio Nacional da Ajuda


O Quê:


Conservação e Restauro da Fachada Este


Duração da obra:


A obra teve início no passado mês de Novembro, com a montagem de andaimes, e prosseguirá com os trabalhos até ao final de Maio.


Descrição:


A intervenção do Palácio Nacional da Ajuda restringe-se à actual fachada principal do Palácio – fachada Este - e corpo avançado da fachada Sul, abrangendo na totalidade os dois torreões do edifício. A obra desenvolve-se nos seguintes departamentos do edifício: Museu e Biblioteca do Palácio Nacional da Ajuda e Direção Geral do Património Cultural – DGPC, tendo como principais objectivos a limpeza, tratamento de juntas, colagem e estabilização de elementos pétreos, assim como a resolução de alguns problemas de infiltração e o tratamento integral e pintura de toda a caixilharia. Nesta intervenção está também contemplada a instalação do sistema electroestáctico de afastamento de aves no corpo central da fachada Este e na arcada de acesso ao Palácio.

 

 

  

 

« OLHARES

 

  

 

Share

Comentar


Colunistas

Rubricas diárias +

14 Jun 2017 |

 

Observatório de Turismo Sustentável no Alentejo


No dia 1 Junho, em Évora, foi assinado o memorando para a criação do Observatório de Turismo Sustentável no Alentejo.

VER +

07 Jun 2017 |

Douro acolhe encontro internacional sobre sustentabilidade dos sítios UNESCO

 

Na primeira semana de Junho, O Alto Douro Vinhateiro recebe o “World Generation Week”.

VER +

02 Jun 2017 |

Capa: Imagem do filme "Antão, o Invisível" (Fotografia retirada de: http://indielisboa.com/filme/antao-o-invisivel/). 

Filme português mostra como os invisuais podem ter acesso às obras de um museu


O filme "Antão, o Invisível", dos realizadores Maya Kosa e Sérgio da Costa, foi galardoado com o Prémio Árvore da Vida no Festival de Cinema IndieLisboa 2017.

 

VER +

01 Jun 2017 |


Portugal assinou
a Convenção sobre Crimes contra a Propriedade Cultural


No dia 19 de Maio, em Nicósia, capital do Chipre, o governo português assinou a Convenção sobre Crimes contra a Propriedade Cultural.

VER +

Veja também +

Números
Rubrica quinzenal por especialista: a análise quantitativa do património, sob a forma de estatísticas, comparações e dados numéricos.

05 Fev 2013 |


Museu Nacional de Arte Antiga e António Filipe Pimentel ou a Arte das Possibilidades

 

Próximo de completar os três primeiros anos à frente dos destinos do que podemos apontar como o mais importante Museu de tutela estatal, António Filipe Pimentel, Director do Museu Nacional de Arte Antiga, acedeu ao convite da patrimonio.pt para uma entrevista de fundo sobre a dinâmica da instituição e do sector.

Tags +

Videos

Lançamento do livro “A Casa Senhorial em Portugal”

 

"A Casa Senhorial em Portugal" é o resultado de uma encomenda da Associação Portuguesa das Casas Antigas (APCA) ao investigador Hélder Carita - um dos mais notáveis estudiosos e historiadores da Arquitectura Civil Portuguesa -, sobre mais de duzentas casas senhoriais distribuídas pelo território português.

VER +

Fábrica de Chocalhos Pardalinho e a distinção da arte chocalheira como Património Imaterial da Humanidade

 

A patrimonio.pt esteve em Alcáçovas para visitar a Chocalhos Pardalinho: uma fábrica a laborar desde 1913, altura em que treze famílias da freguesia se dedicavam à produção dos chocalhos.

VER +

 

® Spira 2012 | design e implementação: ideia, designers __|__ Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia excepto no caso de artigos de autor nos quais os autores são livres de optar.